Seguidores

10 de mar de 2016

Como montar um mini atelier de roupas para Barbie

Faz quase 3 anos que comecei a fazer roupas para Barbie.
Na verdade, minhas Barbies não são as verdadeiras, tenho várias falsas Barbie, mas serve para prova das roupas.
De original, tenho apenas uma Susi, do ano de 1970, quando eu tinha 10 anos.........
Vou passar a minha experiência, erros e tropeços, e descobertas....
Tive a ajuda de minha mãe, dando orientações, e de minha irmã, me fornecendo os materiais e muitos modelos maravilhosos.....
Não sou costureira, nunca fiz curso de corte e costura.....
Quando ganhei a minha Susi, observava a minha mãe ao fazer as roupas de adulto e pedia orientações para faxer uma roupa igual para a minha boneca, com os retalhos e costurada à mão......
Foi assim que aprendi como fazer e pregar uma manga, cortar uma cava, etc......
Fiz réplicas legais das minhas roupas, mas ao longo dos anos perdi tudo e não sobrou nada....
Comprei uma máquina de costura quando comecei a trabalhar, já com 18 anos, e ao ver um modelo de vestido na revista Manequim, roupa para boneca, comecei a fazer as roupinhas costuradas na máquina.
Agora, depois de aposentar da minha Engenharia Civil, para me distrair comecei a fazer bonequinhas de tricô e suas roupinhas e então comecei a procurar modelos na internet.
Se você quer fazer como eu, comece a organizar o seu atelier.
Você pode começar montando um " fichário de moldes".Se tiver um destes fichários, melhor......senão, coloque em plásticos separados.
Eu separei por tipos, como: vestidos, saias, calças compridas, etc, mas você pode escolher como se organizar.
Para obter os moldes, pesquisei na net: álbuns Picasa, no Google: em português, inglês, espanhol e francês, no Pinterest, em blogs.....as possibilidades são infinitas.
Guardo um arquivo digital para consultas e para imprimir, caso perca o molde......
Primeiro imprimo o molde e confiro a escala: coloco na boneca e vejo se já tem as margens de costuras, etc.
Se o molde estiver correto, e ue gostar do modelo, faço um molde em papel mais grosso, e para isso eu uso embalagens de remédios, de porta filtros de papel, etc....mas se vc quiser gastar, faça em cartolina, colocando o nome do molde, ou melhor, o modelo e a parte a que se refere: por exemplo: vestido V1( eu numero para me facilitar a memória), blusa - costas e quantas vezes cortar....
Didático assim, não tem erro......
Se o molde tiver algum erro e eu souber corrigir, o faço, pois nem todos os moldes achados na net são perfeitos.....
Agora eu passo os moldes para o avesso do tecido que vou usar(visualizo mentalmente a roupa pronta naquele tecido para depois escolher com qual tecido usar.......).
Para isso uso uma caneta (não recomendado, mas faço para mim), ou lápis, e quando o forro é escuro, uso sabonete branco, ao invés de giz de costureira ou aquelas canetinhas próprias, que são caras......Passo para a máquina e com muito carinho e paciência, costuro, tomando cuidado pois as peças são pequenas.....
Isso me valeu como se fosse uma terapia, pois sou muito ansiosa e sempre faço tudo na correria, mas nas roupas de boneca tem que ter calma......
O resultado vocês vêem nos meus posts e no meu perfil no facebook, onde tenho vários álbuns dos meus trabalhos.....
A cada fase, me aprimoro mais, nos modelos e nos acabamentos....mas ainda há muito o que melhorar......quem sabe um dia eu abra uma lojinha para vender os modelinhos.......
E então, vamos fazer terapia individual costurando roupas para Barbie?
Eu amo.........

Nenhum comentário: